Amor de  Flor do Campo

O tempo em que eu, jovem mulher, arrancava
As p√©talas da margarida,  numa luta renhida,
Sonhava com um romance, com um pr√≠ncipe,
Tinha juventude, inocência, inquietude...

Bem me quer, mal me quer, bem me quer!
A quem tocar√° a flor do campo apresentar?
Minha pureza sonha, de corpo e  alma, amar
A um homem bom, sincero que me querer√°.

Hoje, como l√≠rios de  jardim,  perfumada sou
Toco as flores, s√£o pequenas, atraem calma,
Refrescam minha alma, d√£o vigor, viva estou!
Pela  beleza deste lugar, afagam minha alma.


Eu n√£o sei parar de te olhar
N√£o sei parar de te olhar
N√£o vou parar de te olhar
Eu n√£o me canso de olhar
N√£o vou parar de te olhar...


Somos um buquê de Flor do campo

Somos flores mimosas,
Temos a força da natureza,
Renovação e beleza benfazeja.

Damo-nos um toque especial,
Afagamo-nos como flores singelas,
Nosso Amor tem beleza essencial .

√Č Amor de flores puras,
Cultivamo-nos, temos flores
Em nosso coração, sem dores.


Para meu padrinho sou uma menina e me tem como filha.
Conselho do padrinho amado:
Seja como a FlodCampo que voc√™ √©! 
Sorria!
Flor do campo, alegre e colorida, 
Uma beleza da natureza, rara,
Uma flor simples, delicada
Pelo vento se perpetua...


No dia 17 de abril, comemoramos o Dia da Bot√Ęnica, Lourdes foi muito feliz em p√īr imagens t√£o belas e florais para esta semana...

Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

Blogs  meus na ativa: