Amor de  Flor do Campo

O tempo em que eu, jovem mulher, arrancava
As pétalas da margarida,  numa luta renhida,
Sonhava com um romance, com um príncipe,
Tinha juventude, inocência, inquietude...

Bem me quer, mal me quer, bem me quer!
A quem tocará a flor do campo apresentar?
Minha pureza sonha, de corpo e  alma, amar
A um homem bom, sincero que me quererá.

Hoje, como lírios de  jardim,  perfumada sou
Toco as flores, são pequenas, atraem calma,
Refrescam minha alma, dão vigor, viva estou!
Pela  beleza deste lugar, afagam minha alma.


Eu não sei parar de te olhar
Não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar...


Somos um buquê de Flor do campo

Somos flores mimosas,
Temos a força da natureza,
Renovação e beleza benfazeja.

Damo-nos um toque especial,
Afagamo-nos como flores singelas,
Nosso Amor tem beleza essencial .

É Amor de flores puras,
Cultivamo-nos, temos flores
Em nosso coração, sem dores.


Para meu padrinho sou uma menina e me tem como filha.
Conselho do padrinho amado:
Seja como a FlodCampo que você é! 
Sorria!
Flor do campo, alegre e colorida, 
Uma beleza da natureza, rara,
Uma flor simples, delicada
Pelo vento se perpetua...


No dia 17 de abril, comemoramos o Dia da Botânica, Lourdes foi muito feliz em pôr imagens tão belas e florais para esta semana...

Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

Blogs  meus na ativa: